quinta-feira, 29 de julho de 2010

RX21: 2ª parte, GM Giovanni Vescovi

Enfrentando o amigo A. Karpov

A Rádio Xadrez publica agora a 2ª parte da entrevista com o GM Giovanni P. Vescovi, número 1 do ranking brasileiro, com 2632 pontos ELO-FIDE (ouça a primeira parte aqui).

Com a mesma animação e clareza nas respostas demonstradas na 1ª parte (que bateu o recorde de visitas, visualizações e downloads de todos os episódios até hoje), Vescovi conta agora sobre sua rápida candidatura à Presidência da CBX (Confederação Brasileira de Xadrez), quando desistiu da disputa com o atual presidente Pablyto Robert.

Ele também analisa a administração atual da CBX e fala sobre o treinamento que oferece com o MI Jefferson Pelikian, a Clínica de Férias, com foco para os enxadristas que disputarão o Panamericano de Menores, em Bento Gonçalves/RS.

Derrota para Radjabov no Mundial por Equipes
O GM fala, ainda, sobre a experiência aprendida com a Índia no Mundial por Equipes e responde a perguntas dos ouvintes, tais como: "Por que há tantos malucos no xadrez?", "Quais são suas superstições durante os jogos?" e "Como se concentrar durante uma partida?".


Giovanni com os filhos e a esposa
Experiente, Vescovi comenta a situação dos novos talentos brasileiros, como os Grandes Mestres Alexandr Fier e Krikor Mekhitarian, diagnosticando suas carreiras e o que podemos esperar dessa nova geração representada por eles. 

No final da entrevista, Giovanni faz uma revelação bombástica: a ordem dos tabuleiros da equipe brasileira na Olimpíada será alterada! E mais: ele promete derrotar o GM Hikaru Nakamura, se o Brasil enfrentar os Estados Unidos no torneio.

Confira abaixo os temas abordados em cada bloco:

Bloco 1 - início até 11min38seg:
  • Presidência da CBX
  • Clínica de Férias
  • Dicas de treinamento
  • Como jovens podem se preparar para torneios
  • Mundial por Equipes: exemplo da Índia
Bloco 2 - 11min38seg até 32min52seg:
  • Malucos no xadrez e o Teorema Tostines
  • Nível cultural dos enxadristas
  • Superstições: caneta, pé direito e rock pauleira
  • Flashes durante os jogos
  • Alexandr Fier e Krikor Mekhitarian
Bloco 3 - 32min52seg até final:
  • Planos para a carreira
  • Olimpíada: nova ordem dos tabuleiros
  • Quem do Xadrez manda para o xadrez?
  • Sobre a eleição do GM mais bonito
  • Sugestão de próximo entrevistado

Para ouvir no blog, clique na seta laranja à esquerda no menu do player de streaming abaixo:



Para salvar o episódio no seu computador, clique no link abaixo e faça o download:



Músicas tocadas nesta 2ª parte:
  • Fuck You, de Lili Allen
  • Californication, de Red Hot Chilli Peppers

5 comentários:

Marcos Bueno Sander disse...

Nossa pessoal!Sensacional esse entrevista.Me diverti e aprendi muito ouvindo.A melhor parte foi ouvir o Vescovi mandando o Nakamura para o xadrez.É sempre bom ouvir os GMs falando sobre a promoção do xadrez no Brasil,pois isso motiva e muito todos nós mais amadores ou kapivaras a fazer nossa parte também.Fiquei em dúvida agora se coloco o Milos ou Vescovi em 1º lugar nas melhores entrevistas da Rádio Xadrez,acho que vou decidir isso só depois.Somente uma pequena correção para post:O GM Vescovi citou um dos GMs integrantes da equipe indiana que fez bonito no mundial em janeiro.O nome dele corretamente é Sasikiran,Krishnan Sasikiran e não "Sakirian".Tanto que se não me engano o Vescovi se refere a ele como "Saçi" pelas duas primeiras sílabas do sobrenome.Efim,parabéns por mais uma ótima entrevista pessoal.Muito sucesso!

MBS.

Tads disse...

Fala Marcos, valeu o incentivo cara! Também gostamos muito desta Rádio e a colocamos entre as melhores. Quem sabe a gente não abre uma votação pra decidir o Top-3 de todos os programas, hehe
Sobre o Sasikiran, já corrigi! Obrigado pelo olhar sempre atento.
Abraços,

@tasantos

Mandi disse...

É motivador ouvir pessoas que querem que o xadrez se desenvolva no Brasil, e que tomam iniciativas para que isso aconteça. A rádio com o GM Vescovi foi muito legal nesse ponto de vista, porque ele também demonstrou essa preocupação e além de tudo, estimulou capivaras como eu a continuar se dedicando hahaha

Árbitro disse...

Muito legal a entrevista, bem animada. Só fiquei chateado com uma coisa: na minha época não tinha música... hahahahahahahahah...

Alvaro Frota disse...

Parabéns, mais um bom trabalho de vocês em prol do Xadrez brasileiro! Aquele abraço!

Lances Finos