segunda-feira, 16 de agosto de 2010

RX22: Vanessa Feliciano (parte 1)

Vanessa disputou a Olimpíada de Dresden, Alemanha, em 2008
A WFM VANESSA FELICIANO, 20 ANOS, é um desses casos notáveis que comprovam que homem e mulher podem, sim, jogar xadrez no mesmo nível.

Quando nasceu, em Rio do Sul (SC), a filha de Nilo Feliciano, campeão catarinense em 1985, provocou um comentário equivocado, porém recorrente, por parte do médico da família: “Deveria ser um menino para jogar xadrez com você, Nilo”.

Nesta entrevista para a Rádio Xadrez (2º episódio, 2ª temporada), ela conta como a dedicação e o empenho de seu pai  comprovaram o engano do médico, muito comum nas discussões enxadrísticas por causa da menor participação feminina em torneios. Centrado no modelo do húngaro Laszlo Polgar, pai das talentosíssimas irmãs-gênios Sofia, Judit e Susan Polgar, o pai de Vanessa dedicou-se a ensinar o jogo à filha que, com apenas um ano e oito meses, já montava a posição inicial das peças no tabuleiro.

Nilo Feliciano, campeão catarinense de 1985: 1º professor 
Seu desenvolvimento foi paulatino. Aos seis anos, Vanessa aprendeu a mover as peças e começou a se interessar mais pelo jogo. O primeiro título expressivo veio aos oito anos: venceu o Campeonato Catarinense Feminino sub-10. No mesmo ano, foi vice-campeã Brasileira Feminina sub-10. Daí para frente, treinando seis horas diárias sob os conselhos e supervisão do pai, sua carreira decolou.

Em sua curta e já vitoriosa trajetória, Vanessa guarda o recorde de campeã mais jovem (11 anos) do Estadual Feminino de Santa Catarina, campeã Brasileira Juvenil Feminina, em 2006, e campeã Brasileira Feminina, em 2009 (disputou seis vezes o Brasileiro das mulheres, tendo ainda um vice-campeonato).


Ocupando o posto de número 1 do ranking feminino brasileiro na FIDE, com 2.156 pontos de ELO, Vanessa representa na Rádio Xadrez a voz feminina do esporte. Com firmeza e muita simpatia, ela expõe as diferenças do xadrez catarinense para outros Estados, como São Paulo, fala de sua amizade com o Grande Mestre Alexandr Fier, seu conterrâneo, e explica, emocionada, porque não participou do Pré-Olímpico para as Olimpíadas deste ano.

Detentora de 13 títulos estaduais e nove títulos nacionais, Vanessa já participou de diversos campeonatos Sulamericanos, Panamericanos e Mundiais de Menores, os quais lhe renderam parte da experiência que compartilha com os ouvintes nesta entrevista. Segundo tabuleiro da equipe feminina olímpica, em Dresden, Alemanha, 2008, a enxadrista fala, ainda, sobre como foi participar da competição e poder interagir com tops do cenário mundial, como Carlsen, Topalov e Polgar.


Tendo atuado ao lado dos GMs brasileiros na Olimpíada Mercosul, em 2009, a catarinense aborda, também, a importância da disciplina nos treinamentos - característica que ela diz ter herdado do pai - e como mantém sua rotina de aulas 
com o MF Álvaro Aranha e o GM Rafael Leitão.
Ao lado de Judir Polgar, seu exemplo e grande ídolo no xadrez

Casada, com um filho pequeno, ela divide sua paixão pelo xadrez com suas novas atribuições de mãe e esposa e relata, neste episódio, seus atuais desafios e planos na carreira.

D
ona de um score impressionante em partidas que valeram rating internacional (49% de vitórias, 27% de empates e 24% de derrotas), Vanessa é mais uma prova cabal de que as diferenças entre os sexos não impossibilitam, quem quer que seja, de atingir seus objetivos e de jogar xadrez em alto nível.

Acompanhe tudo isso e muito mais nesta 1ª parte do 22º episódio da Rádio Xadrez, gravado ao vivo em 19 de julho, com a participação especial do AA Leonardo Vivaldo (Matão, SP). 


Para ouvir no blog, clique na seta laranja à esquerda no menu do player de streaming abaixo:





Para salvar o episódio no seu computador, clique no link abaixo e faça o download na opção preferida:


2ª opção [PARA BAIXAR PELO SOUNDCLOUD]


Músicas que tocam neste episódio:
Hollow Years, de Dream Theathers
Eu quero sempre mais, Ira e Pitty

4 comentários:

JUSTI disse...

Parabéns rapaziada uma das radios xadrez mais emocionantes...espero ancioso a 2 parte...abraços JUSTI

Tads disse...

Valeu, Justi! Vanessa arrasou mesmo. A segunda parte vem aí na semana que vem, e já adianto que está divertidíssima: tem mais de Leonardo Vivaldo, MF Eduardo Marra e... Gabriel Name! Essa não dá pra perder :)

abraços!

Tiago (@tasantos)

JUSTI disse...

o pra complementar por acaso achei um video da WFM VANESSA FELICIANO

http://www.youtube.com/watch?v=FGrQNiDI3LQ&feature=player_embedded#!

abraços

JUSTI

CerristaSPBR disse...

Concordamos com o amigo Justi, a 1a parte da RX da WFM Vanessa Feliciano está muito boa mesmo.

Vanessa é uma garota muito humilde e dedicada, merece tudo que tem conquistado !

Aguardamos a 2a parte, que promete.

Abraços dos ouvintes assíduos,

AI Mauro Amaral e Vivian Heinrichs

@mauroevivi
www.comunic.com.br/xadrez

Lances Finos